fbpx

Mitos e verdades sobre a harmonização facial

 

 

Mitos e verdades sobre a harmonização facial

A harmonização facial é um dos procedimentos estéticos mais populares atualmente. No entanto, com sua popularidade, surgem também muitos mitos e informações contraditórias. É importante separar os fatos da ficção para tomar decisões informadas sobre esse tratamento. Vamos desvendar alguns dos mitos e verdades mais comuns relacionados ao procedimento.

Mito 1: A harmonização facial é prejudicial e perigoso para a saúde

Verdade: A aplicação de injetáveis é segura quando administrado por um profissional qualificado. É importante receber o tratamento de um médico ou dermatologista experiente e licenciado. Injetáveis são aprovados pela FDA e têm sido usado há décadas para tratar uma variedade de condições médicas e estéticas. Os efeitos colaterais geralmente são mínimos e temporários.

Mito 2: A harmonização facial deixa o rosto sem expressão e congelado

Verdade: Quando administrado corretamente, a harmonização facial não deixa o rosto sem expressão. A intenção do tratamento é suavizar rugas e linhas de expressão, não paralisar os músculos faciais. Um profissional experiente irá avaliar cuidadosamente a quantidade e a localização das injeções para obter um resultado natural. A pessoa ainda será capaz de expressar emoções e ter movimentos faciais normais.

Mito 3: A harmonização facial é apenas para mulheres mais velhas

Verdade: O procedimento não é exclusivo para mulheres mais velhas. Na verdade, muitas pessoas começam a receber tratamentos com injetáveis como uma forma de prevenção precoce. A harmonização facial pode ser usada para suavizar linhas de expressão finas e prevenir o aparecimento de rugas profundas. É uma opção para homens e mulheres de diferentes idades que desejam melhorar sua aparência e autoconfiança.

Mito 4: A harmonização facial é apenas para o rosto

Verdade: Embora o procedimento seja mais conhecido por seu uso no rosto, também pode ser usado em outras áreas do corpo. Pode ser aplicado para tratar problemas como hiperidrose (excesso de suor) nas axilas, enxaquecas crônicas e bruxismo (ranger dos dentes). Cada caso é único, e um profissional qualificado pode avaliar se o procedimento é apropriado para o tratamento desejado.

Mito 5: O efeito do injetável é permanente

Verdade: O efeito do procedimento não é permanente. Ele geralmente dura entre 3 a 6 meses, dependendo do indivíduo e da área tratada. Após esse período, o músculo retorna gradualmente ao seu estado original. É recomendado fazer sessões de acompanhamento para manter os resultados desejados.

É importante obter informações precisas e confiáveis sobre harmonização facial antes de decidir fazer o tratamento. Consultar um profissional qualificado é fundamental para esclarecer dúvidas, entender os benefícios e riscos, além de garantir resultados seguros.

Saiba mais sobre a Clínica Aseka


Compartilhe:

relacionados

Preencha os campos abaixo.
Em breve entraremos em contato com você.